• .

CORAÇÃO EM FOCO


Pessoas de várias partes do mundo parecem ter caído sob o feitiço do medo. O medo entrou em nossas vidas como um vírus que se espalha rapidamente. Tornou-se uma coroa de trevas em torno do mundo...


“Quando você não consegue pensar em outra coisa, além do medo de doenças que estão ocorrendo ao seu redor em uma epidemia, e você vai dormir à noite com esses pensamentos de medo, criam-se imagens posteriores e inconscientes, imbuídas de medo, na alma. Este é um terreno fértil onde os germes patogênicos podem instalar-se, prosperar e encontrar um bom caldo de cultivo.” GA 312 Rudolf Steiner: (5 de maio de 1914).


O medo pode se tornar extensivo a qualquer coisa, ao nosso pensamento e melancolia, à ação, medo na vontade, medo na vida emocional. O medo não só causa uma constipação psicológica, mas também física. Cãibras e tensões no corpo e na alma, tensões e stress, também fisicamente. Isso causa hipoperfusão (baixa irrigação sanguínea) no sistema circulatório e um enfraquecimento do sistema imunológico. O medo desperta todos os opostos.


É surpreendente como Rudolf Steiner conecta infecções virais e bacterianas com estes “Counterpowers of the Heart and Lungs” (contraforças do coração e pulmões) – “ideias materialistas”, como ele as chama: mentiras, fofocas, suspeitas, hipocrisia.


No entanto, as forças para as quais a região central do nosso organismo está realmente destinada são: entusiasmo, calor, espanto, interesse, empatia, compaixão, vivências de comunidade, fé, esperança e amor. Através de tudo isso, também se desenvolve calor físico, o sangue flui mais ativamente, é transportado mais oxigênio para todo o organismo e o sistema imunitário se fortalece.

E isso tem um efeito curativo.



Texto extraído do artigo original:

http://www.antroposofy.com.br/forum/corona-virus-as-infeccoes-e-as-contraforcas-do-coracao-e-pulmoes/

0 visualização
Terapeuta| Coach| Constelação Familiar
  • Facebook

© 2017 Instituto Reluzir | Irinéia Meira - Coach Terapeuta - Create by Rafael Galvão